Reading: Covid-19: Mato Grosso anuncia colapso e pede ajuda a outros estados

Covid-19: Mato Grosso anuncia colapso e pede ajuda a outros estados

edilson
edilson 08/03/2021
Updated 2021/03/08 at 3:53 AM
A COVID-19 patient is transferred from the Emergency Care Unit of Santarem, Para state, Brazil, to another hospital of Para, on February 7, 2021. (Photo by TARSO SARRAF / AFP) (Photo by TARSO SARRAF/AFP via Getty Images)

Mato Grosso registra, neste domingo (7/3), 59 pacientes com Covid-19 à espera de um leito. Outros estados também estão com UTIs cheias

O governo de Mato Grosso anunciou, neste domingo (7/3), que o sistema de saúde do estado entrou em colapso, em meio à crise sanitária causada pela pandemia do novo coronavírus.

A Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso (SES-MT) pediu ajuda a outros estados para a transferência de pacientes, mas, até o início desta noite, não obteve respostas positivas.

Mato Grosso, contudo, não é exceção. Boletim publicado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) nessa terça-feira (3/3) revela que 18 estados, além do Distrito Federal, estão com a ocupação de UTIs Covid-19 acima de 80%

Em comparação com o último boletim, publicado em 22 de fevereiro, seis estados (entre eles, Mato Grosso) passaram a fazer parte dessa faixa crítica da ocupação de leitos.

Além disso, 20 capitais apresentam taxas de ocupação de leitos de UTI destinados a pacientes com Covid-19 de 80% ou mais; outras cinco têm taxas maiores que 70% e abaixo de 80%.

Em nota, a SES-MT admitiu ter solicitado auxílio dos demais estados para possível transferência de pacientes. “Até o momento, não houve confirmação oficial por parte dos estados.”

Atualmente, Mato Grosso registra 59 pacientes com Covid-19 à espera de um leito de Terapia Intensiva.

“É importante frisar que, considerando a universalidade do Sistema Único de Saúde (SUS), o estado de Mato Grosso prestou assistência aos pacientes de Rondônia em janeiro deste ano e cedeu UTIs para o tratamento de pessoas que esperavam por uma vaga”, complementou a pasta.

 

Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.